COVID-19: Minha aposentadoria foi cortada durante a pandemia. E agora?

COVID-19: Minha aposentadoria foi cortada durante a pandemia. E agora?

Com o atual quadro de pandemia, o INSS acolheu as recomendações da OMS e fechou suas agências em todo o país. Contudo, o atendimento e as análises dos pedidos dos segurados não foram interrompidos, apenas passaram a ser realizados pela internet.

Neste caso, um eventual corte de aposentadoria durante o período de isolamento e quarentena, obriga o segurado a agir a distância, através dos canais digitais disponibilizados pela seguridade social, como o Portal Meu INSS ou aplicativo.

Importante destacar que a grande maioria das aposentadorias é cortada pela ausência de prova de vida do segurado ou o não comparecimento na perícia médica agendada. Sendo assim, o primeiro passo é manter os dados cadastrais sempre atualizados, com o fim de evitar essa situação – ou ter conhecimento assim que ocorrer.

Durante a pandemia a realização de prova de vida está suspensa por um período de 4 meses (120 dias), descartando uma hipótese de suspensão da aposentadoria. Caso o benefício seja cortado por esse motivo, entre em contato com o número 135.

Se o corte na aposentadoria tiver relação com uma possível perícia médica, também não é preciso se desesperar, visto que com o fechamento das agências elas foram transferidas para análise remota. Assim, o segurado deve encaminhar o atestado médico para análise pelo portal do INSS ou aplicativo.

Nós, do escritório Diniz Advocacia seguiremos compartilhando informações importantes durante este período, alertando sobre possíveis mudanças, leis e impactos na economia relacionados ao COVID-19.

Com alguma dúvida? Deixe seu comentário, será um prazer ajudá-lo(a).

Sem Comentarios

Postar Comentario

Telegram

Siga a Diniz Advocacia no telegram

Entrar no canal
Fechar
× Posso ajudar?