Como saber qual é o melhor benefício pra mim?

Como saber qual é o melhor benefício pra mim?

Existem vários benefícios oferecidos pelo INSS vislumbrando atender a população para subsidiar o próprio sustento e da família. É o caso dos benefícios por incapacidade, invalidez, auxílio-doença, auxílio-acidente, licença-maternidade, aposentadorias, dentre outros.

Contudo, dificilmente os beneficiários possuem o conhecimento de que requerer um pouco depois pode acarretar em um benefício melhor. Ou ainda, que revisar um benefício concedido para melhorá-lo, também é possível.  Confira.

Assim, como eu sei qual é o melhor benefício para meu caso?

Os tribunais brasileiros vêm entendendo pela manutenção do melhor benefício previdenciário ao beneficiário.  Ou seja, existem casos em que o beneficiário possui o direito adquirido ao benefício e o requer, mas algum tempo depois leva a um profissional especializado da área, o qual percebe que se ele tivesse esperado um pouco mais, pois houve alteração da lei (o que ocorre muito em matéria previdenciária), poderia ser melhor para o cidadão. 

Por outro lado, é possível a revisão do benefício, vislumbrando um melhor salário de contribuição, por exemplo. Já abordamos sobre a revisão em outra oportunidade, para saber mais, acesse: link post 01

E como fazer isso?

Um exemplo do que estamos falando é quando o cidadão se aposenta, mas continua contribuindo para o INSS, seja por vontade própria, seja porque continuou trabalhando. Então, existe uma forma desta pessoa renunciar a aposentadoria que está recebendo, objetivando incluir as contribuições posteriores. Tal fenômeno chama-se “desaposentação”.

Neste caso, o salário de aposentadoria deste cidadão irá aumentar, lhe garantindo um benefício melhor. Para que isso seja possível, será necessário ajuizar uma ação judicial de desaposentação, a qual será declarada por um juiz imparcial.

Você conhecia essa possibilidade? É bem despercebida pela população.

O mais importante é ter em mãos os documentos necessários que comprovem a contribuição pelo período que almeja o reconhecimento, bem como de outros que forem pertinentes. Após, é importante contatar um profissional da área, o qual saberá realizar o cálculo e orientar sobre qual a melhor forma de obtenção do melhor benefício.

Ainda tem dúvidas sobre este tema? Deixe o seu comentário neste post ou converse com os nossos especialistas pelo Whatsapp (clicando aqui), será um prazer orientá-lo!

Sem Comentarios

Postar Comentario

Telegram

Siga a Diniz Advocacia no telegram

Entrar no canal
Fechar
× Posso ajudar?